A bicicleta não é apenas uma ferramenta de transporte, mas um meio de emancipação, uma arma de libertação. Liberta o espirito e o corpo das inquietudes morais e das doenças físicas do mundo moderno, da ostentação, da convenção e da hipocrisia aonde a aparência é tudo, mas não somos nada. By Paul de Vivie



quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Pedal "amaldiçoado" pelo São Francisco...

Pesado o titulo né? Mas também pela quantidade de pneus furados, estourados, raios frouxos e até corrente estourada bem que poderia ser, mas o pessoal que foi, descreveu como "Reservatorio do Carvalho", pra mim o meu chama mais atenção kkkkk
O porque da "maldição"- rs:

Bom, resumindo saimos em 11 até o pedagio da 277. O que tinha de speedeiro, mal educado não estava no gibi, mas danem-se eles, o que queriamos era ir ver o reservatorio e me desestressar...

Paramos no pedagio, tomamos um cafe, comemos algo e 'bora voltar um pouco pra enfim começar a aventura.
Pedalamos um pouco e entramos na estradinha de terra, passamos por um lugar que estava desmoronando, até filmei a passagem da galera:
video

Seguimos adiante e paramos pra tirar algumas foto do morro do canal, pois a paisagem estava limpissima.

Logo a frente chegamos no destino, fomos recebidos pelo pessoal do IAP, que nos explicou sobre a região e indicaram os locais abertos a visitação, logo seguimos para o reservatório, onde contamos com a presença de um monitor para informações.



Vimos um tunel e resolvemos entrar, caraca o que tinha de aranha, o pior que não dava em lugar nenhum...


Depois pegamos uma trilhazinha, mais zinha mesmo de tão curta pra ir na estatua do referido la em cima, daonde começou a zica toda rs

Tiramos uma foto de todos juntos:

De lá enchemos os camelback d'agua, um grupo foi numa outra trilha e eu e o leandro fomos direto pro morro do canal.
Lá chegando, depois de pedir 2 X-salada, meia porção de fritas - a outra o leandro detonou, ficamos conversando e vi na minha perna essa formiga que pegou uma carona comigo desde o reservatorio.

Comemos, enrolamos mais um pouco, o pessoal chegou comeram e seguimos até cwb.
Fui direto ao clube encontrar a familia, uma pena que não tirei foto, estava uma delicia.
Fechei o pedal com redondos 94 km e a media de 19,6 km.

2 comentários:

  1. PEDALZÃO DO BÃO mesmo com todas as zicas...

    KARAKAS, acredita que não vi esse "tunel"? Ainda bem, tenho um certo trauma depois de quase bater a cabeça nuns morcegos em uma caverna lá em Sao Tomé das Letras..

    jopz

    ResponderExcluir
  2. aushdausdhausdhausdhas fico imaginando vc trombando com os morcegos ausdhaudhasduahduashd
    figuraça mesmo rs
    aquele

    ResponderExcluir