A bicicleta não é apenas uma ferramenta de transporte, mas um meio de emancipação, uma arma de libertação. Liberta o espirito e o corpo das inquietudes morais e das doenças físicas do mundo moderno, da ostentação, da convenção e da hipocrisia aonde a aparência é tudo, mas não somos nada. By Paul de Vivie



sexta-feira, 22 de março de 2019

Troca de sapatas

Ou eu não pedalo tanto, ou estas sapatas que pus em  2015, duram pacas, fica a duvida.
Bom, agora comprei sapatas para cantelever, mesmo.
Substitui em 10 minutos, bem tranquilo de fazer, com um macete que o vendedor me passou de deixar a frente pegar primeiro no aro e atras com um ziptie de espaço.
Ficou assim:

Pronta pra trocar agora só em 2023 kkk

quinta-feira, 21 de março de 2019

Caverna do Diabo - Barra do Turvo - SP

A convite do Jopz, juntamente com o pessoal da AMC, fomos no sábado dia 16/03 para Barra do Turvo - SP, para pedalarmos +/- 70 km até a Caverna do Diabo.
Acordei super cedo, pois o encontro iria ser as 4h:30m, com saída agendada para as 5 da matina.
Nos agrupamos, colocamos as magrelas na carretinha e saímos as 5h:30m de Ctba, chegando em Barra do Turvo mais ou menos as 7h:30m.





Tomamos um baita café da manha, numa padoca dentro do mercado Fátima, descansamos um pouco, arrumamos as magrelas e zarpamos.
Na hora que começou o pedal estava um sol forte e com vento, mas no decorrer, uma garoa, chuva forte e mais garoa até o final do pedal.



Pegamos uma serra de nome Andorinha, pqp, que subida dos infernos, nao acabava nunca, cada curva dava impressão que finalizava, mas tinha mais subida.
Descendo a Serra.

O pior que Fabio, que foi de guia, disse que a subida pra caverna era duas vezes pior e infelizmente ele tava certo.
Da foto acima ate a entrada da caverna, dava uns 25~30km, o que fizemos debaixo de garoa e muita chuva, porem com vento a favor, aonde fizemos a media de uns 30~35km/h.

Nos separamos diversas vezes, nos agrupamos e voltamos a pedalar sempre com chuva.


Depois de 30km, chegamos na entrada da Caverna.



Uma subida lazarenta de fdp dos infernos, no nível de uma graciosa. 4 km de pura desgraça.
Alguns subiram na van e chegaram mais rápido no parque.
Eu e outros do grupos fomos divididos mas subimos.
Confesso que subi, até o km 2 na bike, mas depois os gambitos cansaram e fui empurrando até o km 4, daonde subi e cheguei no parque.
Demorei mais ou menos 1h pra subir.
Me juntei aos bons, aguardamos mais uns, comemos, relaxamos e fomos conhecer a caverna.





Dopo, alguns se trocaram e como as magrelas já estavam presas na carretinha, seguimos até Ctba, aonde chegamos la pelas 22h.
Voltei pedalando do ponto de encontro até em casa com o Jopz, finalizando um excelente pedal, com boas companhias.





segunda-feira, 11 de março de 2019

Relação nova Eleonor

Faz tempo que estava precisando trocar a relação, porém com a grana tava curta, enrolei o que dava.
Mas, Graças a Deus, este mês deu certo e consegui trocar.
Não gastei muito e não tive que trocar o pedivela, somente a coroa media.


Agora é voltar aos pedais com ela e deixar a judith descansar um pouco kkkk

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Gambiarra com capa de chuva no alforge

Buenas.
Continuamos no empenho de pedalar e economizar.
Como anda chovendo pacas aqui em Ctba e to indo e voltando do trampo de magrela, nada mais justo que proteger o alforge.
O resto em imagens:






A ideia era fazer um corta-vento com o material, mas como tenho alguns anorak, usei no alforge.
Tenho outro sobrando que farei pra mochila, com elasticos costurados nas pontas.
Dopo posto para verem...

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Show Fatboy Slim

Sou fã do Fatboy desde 2005~2006. 
Por diversas vezes ele veio ao Brasil, mas por n motivos nunca deu pra ir ao show.
Como presente de 18 anos de casados, a doce pequena, nos deu ingressos pro show que ele fez no dia 03 de janeiro no Green Valley em Camboriú-SC.
De quebra ainda iriamos com Lucas, que curte muito musica eletrônica.
Lucas ja estava em BC na casa da mãe e nos em Ctba.
Descemos la pelas 21h pra não pegarmos transito no dia 03, chegando em BC, por volta das 23h.
Descansamos até umas 2h pra aguentarmos irmos no show de boa.
Chegamos na Green Valley, la pelas 2h40m. 





Fotos via  GreenValley   




O fatboy entrou pontualmente as 03h30m - Britanico é foda - e tocou exatamente até as 5h30m.


Depois disto entrou outro DJ e acompanhamos ele até umas 6h. 
Green Valley é numa região rural, afastado de Camboriú, ruinzinho de chegar e sair, saímos "cedo" pra não pegarmos transito de final de festa.
Vimos o nascer do sol, na praia, porém como tava nublado, nem aproveitamos e tiramos foto.
Deixamos Lucas na casa de uns amigos e fomos numa padoca pro cafe da manha.


Tava um calor da gota no show, como fomos de carro, deixei uma camiseta reserva, junto com a mochila do Lucas pois sabíamos que iriamos suar um monte.
De lá fomos pra mãe e capotamos até umas 14h.
Como o dia tava bem nublado, fomos dar um role na city e no outro dia voltamos pra Ctba.
Foi uma noite sensacional, ver Fatboy, com minha família, até altas horas foi inacreditável.
Já fomos na Vibe em 2018 com Lucas, agora é agendar a próxima e contar aqui no blog.

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Paralamas na Judith

Semana passada, finalmente pus novos paralamas na Judith.
Porém, pedi pra instalar, pois não teria tempo e nem ferramentas para isto.
Na sexta, vi que quem instalou, pois os arames, juntos com a pressão do aro.
O que deixava a distancia do paralamas com o pneu, muito grande.
Então, o Jopz, me deu uma mão pra ajustar da forma correta.


Tinhamos que regular o tamanho do arame, para ficar rente ao pneu, o que deu um trabalhão.




A pintura do bagageiro.
Insanidade total, feito dentro do apartamento, mas serviço de prima, não pintou mais nada alem do bagageiro... 

Temos que nos hidratar, nem vem... 

O detalhe da luz e o serviço finalizado. 

Aproveitamos e demos uma geral do bagageiro.
Estava fazendo muito barulho e ao verificar o que rolava, descobrimos que o parafuso que travava o tamanho da roda, tinha espanado.
A solução foi, furar o bagageiro e por um outro parafuso, com porca, para sanar o problema.
Ficou excelente...


Trabalho começado la pelas 15h finalizado as 18h30m, com muita conversa fora, cerveja e um trabalho muito bem feito. Recomendo kkkk
Valeu Jopz, pela ajuda...
No final ainda, deu pra pedalar 15 km de casa até a dele e voltar.