A bicicleta não é apenas uma ferramenta de transporte, mas um meio de emancipação, uma arma de libertação. Liberta o espirito e o corpo das inquietudes morais e das doenças físicas do mundo moderno, da ostentação, da convenção e da hipocrisia aonde a aparência é tudo, mas não somos nada. By Paul de Vivie



domingo, 23 de março de 2014

#projeto21km

Desde o começo do ano, quando voltamos de ferias, fiz 2 promessas para o ano de 2014.
A primeira é familiar e não importa aqui, a outra é dividida em curto prazo e a longo prazo.
A de curto prazo é correr em maio 21 km, a de longo prazo é correr 42 km na maratona de Curitiba.
Conforme orientação do treinador Yam, na primeira semana, a sexta, sábado e domingo, devo correr 5 km, nos restos dos dias musculação e 20 minutos de esteira e nas próximas semana, devo ir aumentando para 8,12,15 e por fim 21 km ate a data da prova.
Comecei este empenho na sexta e junto com a dieta, estou seguindo um cronograma para vencer este desafio de curto prazo.
Ao longo do trajeto, vou tentar - se eu lembrar - postar como esta o treino e a dieta.
força e fe que irei vencer estes desafios



segunda-feira, 10 de março de 2014

Pedal de Sabado

Combinei com o Jops um pedalzinho la por Campo Largo. A ideia era irmos e voltarmos pedalando, mais ele deu uma melhor, para irmos de carro. 
Realmente foi uma belíssima ideia, pois economizamos 50 km.
Nos encontramos na praça do Japão e seguimos rumo a Campo Largo.
Deixei ligado o Endomondo, mais depois que o Jops me falou de outro aplicativo, já baixei e agora só vou usar o Strava. Ainda por cima, devo ter desligado sem querer, pois cortou nossa volta ao carro.
Passamos no Monar, na sequencia pegamos umas trilhazinhas que o Jops conhecia no caminho e saímos na sereia, passamos por um catatau de colonias, ate sairmos na Rebouças e voltamos ao carro que estava naquela salada de fruta na beira da 277.











Finalizei com 50 km rodado.
Bom demais pegar uma terrinha batida e não ter a volta chata para Cwb. 
Não era 15h e já estava em casa.
Valeu o pedal Jops. 

sexta-feira, 7 de março de 2014

Alforge na Giant

Feliz ano novo pessoal
Dopo de um belo final de ano, aonde fomos, de ferias, a Salvador, Morro de São Paulo, Londrina e Balneário Camboriú,  finalmente no final de Janeiro voltei ao batente e junto a isto o retorno de pedalar ao trabalho.
Esquema feito com a dona patroa, consegui me organizar pra pedalar pelo menos 10 km no meu dia.
Junto a isto, voltei a academia, pra conseguir realizar um objetivo em outubro/novembro.2014.
Ok, resumo feito, vamos a gambiarra na Giant.
Estava somente pedalando com a trek e a giant estava sofrendo com isto, então a montei e voltei a pedalar com ela.
Se bobear, amanha ate vai sair um pedalzinho.
Bom, pra não ficar carregando as tralhas do trabalho nas costas, fiz a gambiarra abaixo:





Como tenho dois canotes, quanto for pedalar em trilha, so tiro a gambi e ponho outro.
Perfeito.



domingo, 8 de dezembro de 2013

Que dozinha...

É de partir o coração, kkkk
Enquanto fico pedalando pra cima e pra baixo com a judith - trek -, a eleonor - giant - esta encostada e desmontada atras de uma arara, no quartinho da bagunça.

Nas ferias, eu mudo esta situação, eu acho.
:-(

sábado, 30 de novembro de 2013

Pedal desestresse da semana

Bom, a semana foi totalmente punk.
Terça-feira, o senhor Lucas, meu guri, caiu e quebrou a clavícula. A escola me ligou, dizendo que ele estava já no hospital, sendo engessado e que já estava tudo bem. O medico engessou, mais não tinha necessidade, foi somente um trincado e não chegou a quebrar. Fui ao encontro do meu primo ortopedista e ele arrancou o gesso e somente a tipoia já dava conta.
Bom com isto a semana foi pro saco, entre ficar com ele de manha e a esposa a tarde. Fora o stresse normal da semana, junta isto e ao final do mês, nada melhor que desestressar com um bom pedal.

Juntei o caminho que sempre faço, com um que o Leandro fez uma vez, num noturno, mais me embananei e acabei, passando por aonde ja tinha pedalado, mais dá nada, o importante era rodar.
Aproveitei e também fui testar, a gambiarra acima. 
Ficou ótimo, uma unica coisa que não tive saco de arrumar, foi o brilho, para ir vendo melhor o caminho. Mas nos próximo já faço isto.
Fiquei com receio de acabar a bateria, mais to providenciando um carregador solar, que vai me ajudar nisto.
No final pedalei 52,28 km em 2h e 30 min com media de 20,8 km/h.

Depois do pedal, cheguei em casa e a  família não estava, então fui dar um rolezinho com o Lenny e brincar com a bolinha que ele tanto gosta.
Ele corre demais e a unica foto boa foi esta. 



segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Niver da Judith


Estava vendo meu blog no feriadão e reparei que no dia 13 de novembro de 2010 adquiri a trek do meu amigo Rodrigo.
Sempre fui fã das treks, na época, em 1992, queria uma, mais era cara pacas.
Tive que esperar 18 longos anos, para achar uma e agora deixo até a Giant de lado para ficar pedalando somente com ela.
Tenho até o manual e nota fiscal original dela.
Aqui ela como veio a 3 anos atrás.


E abaixo, ela atualmente.
As únicas modificações que fiz, foram a mesa, guidom (estava enferrujado), banco, cubo traseiro (estragou a mola) e pneus que ressecaram na primeira e unica trilha.
A mesa eu guardei, o resto me desfiz.

Vida longa a Judith.

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Pedalzinho noturno de terça

Ontem, cheguei em casa, me arrumei e fui dar uma volta.
Tive um dia do cacete, cheio de pepino e precisava esperecer, então fui dar um bom rolezinho.
No caminho, encontrei uns conhecidos e pedalei ate uma parte com eles e depois fiz meu rumo.



Esqueci de pegar os outros dados, mais foi muito bom.